Cristiano Ronaldo foi confirmado nesta terça-feira como desfalque do Real Madrid para a partida diante do Galatasaray, nesta quarta, no Santiago Bernabéu, pela penúltima rodada do Grupo B da Liga dos Campeões. O atacante sofre uma pequena lesão muscular no duelo do último sábado, contra o Almería, pelo Campeonato Espanhol, e foi descartado deste próximo confronto por precaução.

O astro português, sério candidato a faturar a Bola de Ouro da Fifa em janeiro, tem boa chance, inclusive, de voltar a defender a equipe madrilenha no próximo sábado, contra o Valladolid, pelo Espanhol.

“Cristiano não pode jogar amanhã (quarta) porque tem um pequeno problema. Vai trabalhar individualmente amanhã e depois veremos se estará disponível para sábado. É uma sobrecarga (muscular), mas o jogar tem confiança de que jogará no sábado. Mas, se há risco de (agravar a) lesão, não jogará”, disse o técnico do Real, Carlo Ancelotti, ao explicar nesta terça a ausência do atleta no confronto diante do Galatasaray.

O treinador também preferiu não confirmar o substituto do atacante, que acabou não treinando com o grupo de jogadores do Real nesta terça. Ele avisou que Di María e Jesé brigam pela vaga na equipe, cuja escalação só será confirmada nesta quarta.

Além de Cristiano Ronaldo, o Real confirmou nesta terça que o zagueiro francês Raphael Varane, também lesionado, é outro desfalque para o jogo diante dos turcos, no qual o time espanhol tentará assegurar a sua classificação às oitavas de final da Liga dos Campeões por antecipação. “Queremos ser os primeiros do grupo e ganhar as duas partidas que faltam, não fazemos contas e vamos dar o máximo”, disse Ancelotti.

Com 10 pontos e disparado na ponta do Grupo B, o Real precisa de apenas um empate nos dois próximos jogos para assegurar a liderança da chave e a consequente classificação.