A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou um comunicado na tarde desta quarta-feira para informar que Robinho foi cortado do amistoso que o Brasil fará contra Gana, na próxima segunda, às 15h45 (de Brasília), no Craven Cottage Stadium, em Londres.

A entidade revelou que o atacante está com um edema ósseo no púbis, depois de tomar conhecimento da lesão após receber exames enviados pelo departamento médico do Milan. A CBF adiantou que o técnico Mano Menezes não convocará um substituto para o jogador.

Com a desconvocação de Robinho, a seleção brasileira amarga a segunda baixa inesperada para o confronto com Gana, pois o lateral-esquerdo Adriano foi cortado na última segunda. Convocado no último dia 18, o jogador do Barcelona sofreu um estiramento na coxa e Mano também optou por não chamar um atleta para substituí-lo.

Sem Robinho, Mano terá agora Alexandre Pato, do Milan, Hulk, do Porto, Leandro Damião, do Internacional, e Neymar, do Santos, como opções para o ataque no duelo contra Gana. No último amistoso da seleção brasileira, Robinho fez, de pênalti, o primeiro gol do País na derrota por 3 a 2 para a Alemanha, em Stuttgart, no dia 10 de agosto.