Líder do Campeonato Paranaense, o Londrina prega respeito ao Paraná Clube, mas garante que vem à Curitiba para somar pontos. É dessa forma que o Tubarão entrará em campo para o duelo da noite de hoje, na Vila Capanema, quando o melhor ataque do campeonato enfrenta a melhor defesa.

Com 14 gols feitos em três partidas, o Londrina vem de vitórias sobre Toledo, Rio Branco e Nacional. O Alviceleste ainda tem o artilheiro do Paranaense 2013: o meia-atacante Celsinho, que balançou as redes 5 vezes. A trajetória coloca o Tubarão na liderança, com 9 pontos, dois a mais que Coritiba e o próprio adversário de hoje.

Por outro lado, a defesa paranista não sofreu nenhum gol nas três rodadas. Fato que o treinador do Tubarão, Cláudio Tencatti, considera interessante. “Será a equipe mais equilibrada que vamos enfrentar (até agora no torneio). Vai ser um jogo difícil, mas o Londrina vive um grande momento. Acredito que podemos fazer um bom jogo e levar pontos”, disse. “Naturalmente, respeitamos muito o Paraná, uma equipe de qualidade, com bons jogadores”, completou o diretor de futebol alviceleste, João Severo, que ainda assim acredita na possibilidade de bom resultado, mesmo considerando o Tricolor favorito. “Confiamos muito na nossa equipe”.

Apesar de Tencatti e Severo tentarem desvincular o Londrina da imagem de “o alvo do momento”, ambos reconhecem que o elenco do clube já está sentindo esse clima. “Isso a gente não quis criar, mas no time que está ganhando, naturalmente, todo mundo vai pensar em bater”, avalia o diretor de futebol do Tubarão. “Todo mundo quer pelo menos observar, pra ver o que o Londrina está fazendo de diferente”, completa o treinador.

Justamente no setor que mais tem agradado Tencatti está a grande dúvida do Londrina para hoje. Como o atacante Neilson sentiu dores musculares durante a semana, o comandante do Tubarão não descarta a possibilidade de escalar Alexandre Oliveira ao lado de Weverton na posição.