O atacante Liedson garantiu que a polêmica aberta por Chicão ao se recusar a ficar no banco de reservas do Corinthians em clássico contra o São Paulo, disputado em 21 de setembro, está encerrada. Assim, ele exaltou o retorno do zagueiro ao time titular, que acontecerá neste domingo em Uberlândia, contra o América Mineiro, em partida válida pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“Eu particularmente sou amigo do Chicão, estou feliz que esteja tendo essa oportunidade, infelizmente por uma suspensão. É a oportunidade de mostrar seu valor. Ainda é um líder, tem todo apoio, espero que volte a nos ajudar”, disse Liedson, garantindo que o clima para Chicão no Corinthians é bom.

“Claro que ninguém ficou satisfeito, uma situação desagradável, mas todos são adultos e sabemos resolver, tudo foi conversado, ele ficou chateado, como a gente também, ninguém gosta ver companheiro nessa situação, mas isso logo se passou e o Chicão é muito bem-vindo”, afirmou.

Liedson descartou a possibilidade do Santos fazer “corpo mole” contra o Vasco, adversário direto do Corinthians na luta pelo título do Campeonato Brasileiro, no domingo. Além disso, lembrou que a equipe depende apenas das suas forças para conquistar o título nacional.

“Nem precisa torcer pelo Santos, sabemos os profissionais que têm lá, ficarei feliz, mas nosso pensamento é cuidar da gente”, disse. “A gente fica feliz e tranquilo pela nossa situação, são seis jogos e é muito bom estar dependendo só de si, não pensamos em morrer na praia”, acrescentou. “É continuar fazendo como estamos que seremos felizes no final”.