Gols perdidos, pontos desperdiçados e uma acentuada queda na tabela de classificação. Motivos de sobra para deixar os tricolores cabreiros quanto ao futuro do clube na Série B.

A diretoria, também apreensiva, vai tentando driblar as limitações financeiras para qualificar seu elenco. A promessa de contratar mais um atacante foi cumprida no fim da tarde de ontem: Lima acertou bases salariais e assinará contrato até o fim da temporada.

O centroavante de 28 anos fecha um ciclo no futebol paranaense, após brilhar com as camisas de Coritiba (2003) e Atlético (2005), sendo campeão estadual nos dois times, irá agora vestir a azul, vermelha e branca.

O jogador chegou à Vila Capanema no início da semana, inicialmente para manter a forma, já que estava inativo desde que retornou de uma experiência frustrada no futebol grego.

“Fiquei lá pouco mais de um mês”, disse o jogador, que antes disso disputara o campeonato baiano pelo Bahia. “Quero jogar o quanto antes”, avisa o centroavante. Mesmo sem cumprir uma partida completa há tempos,

Lima mostrou uma boa condição física nos testes realizados nos últimos dias. “Para o seu estilo de jogo, mais à frente, está apto para jogar”, comentou o fisiologista Marcos Walczak.

Não fosse a questão burocrática, Lima já seria relacionado para o jogo de terça-feira, frente ao Duque de Caxias, na Vila Capanema. Lima deverá, assim, fazer a sua estreia na próxima sexta-feira, quando o Tricolor encara o Vila Nova, em Goiânia.

O acerto foi rápido, logo após o treino de ontem à tarde. “Sentimos ele muito animado e é disso que precisamos”, disse o diretor de futebol Guto de Mello, que fechou a negociação ainda no gramado, em apenas alguns minutos de conversa.

“Trata-se de um jogador com muita bagagem e que será útil nessa reta final da competição. Temos 16 jogos e ainda vamos reagir”, acredita o dirigente. “Estamos fazendo o possível para qualificar o elenco. Precisamos, agora, recuperar aquela mobilização do início do Brasileiro”.

Convidado

Lima, até ontem, treinava como “convidado”, apenas para manter a forma. A partir de hoje, já irá trabalhar como jogador do Paraná. “Sei da tradição desse clube e espero ajudar com minha experiência e com gols”, disse o jogador, que será oficialmente apresentado somente na próxima quarta-feira.

Paranaense de Alvorada do Sul, Aparecido Francisco de Lima tem no currículo, além da dupla Atletiba, passagens por vários clubes brasileiros, como Cruzeiro, São Paulo, Botafogo, Corinthians, Figueirense e Bahia. No exterior, atuou em Portugal, Arábia Saudita e Catar.

Com o novo atacante em campo, o Paraná espera recuperar o aproveitamento do início da Série B, quando marcou, em média, dois gols por partida. Após o recesso para a Copa, o rendimento caiu praticamente pela metade, com apenas 1,07 gol/jogo. “Vi os últimos jogos do time. E as chances estão sendo criadas, o que é muito importante”, arrematou Lima.