As jovens Sabine Lisicki, da Alemanha, e Timea Bacsinszky, da Suíça, surpreenderam e chegaram à final do Torneio de Luxemburgo, que contou com tenistas experientes, como a belga Kim Clijsters e a suíça Patty Schnyder.

Neste sábado, as duas atletas tiveram trabalho para garantir a vaga na final. Em busca de sua primeira decisão de um torneio WTA na carreira, Bacsinszky precisou de quase duas horas de jogo para superar a belga Yanina Wickmayer, cabeça de chave número cinco, por 2 sets a 1, parciais de 3/6, 6/2 e 7/5.

Com apenas 20 anos, a suíça, número 70 do ranking, tem como melhores resultados no circuito profissional as semifinais dos Torneios de Praga e Istambul deste ano e de Antuérpia e Estrasburgo, de 2008.

Lisicki, com os mesmos 20 anos da rival de domingo, também sofreu para chegar à decisão. Ela venceu a israelense Shahar Peer por 2 a 1, parciais de 6/3, 4/6 e 7/6 (7/5), após 2h19min de confronto. A alemã vai disputar a sua terceira final da carreira. Em 2008, foi finalista em Tashkent, no Usbequistão. E, neste ano, levantou seu primeiro troféu da WTA em Charleston, nos Estados Unidos.