O Southampton segue sendo um “fornecedor” de reforços para o Liverpool. Nesta terça-feira, o clube de Anfield Road anunciou a contratação do atacante senegalês Sadio Mané. Os valores financeiros envolvidos na transação não foram revelados, nem o tempo do vínculo assinado com o jogador, afirmando apenas que o africano assinou um contrato por “longo prazo”.

Apesar disso, as informações da imprensa britânica são de que o clube vai pagar 34 milhões de libras (aproximadamente R$ 154 milhões) para tirar Mané do Southampton, que nos últimos dois anos negociou Adam Lallana, Rickie Lambert, Dejan Lovren e Nathaniel Clyne com o Liverpool.

Mané assinou marcou 25 gols em 75 partidas pelo Southampton e já disputou 36 partidas pela seleção de Senegal. O atacante também já atuou pelo francês Metz e pelo austríaco Red Bull Salzburg antes de chegar ao futebol inglês em 2014. Além disso, pela seleção do seu país, participou da Olimpíada de 2012 e da Copa Africana de Nações de 2015.

“Hoje é um grande dia e estou muito feliz por assinar com um dos maiores clubes da Europa. É um clube que ganhou muitos troféus e tem uma grande história”, afirmou Mané em entrevista ao site oficial do Liverpool, que não se classificou para qualquer competição europeia na última temporada.

No Liverpool, Mané vai utilizar a camisa de número 19. O clube inglês já havia se reforçado com o goleiro alemão Loris Karius e o zagueiro camaronês Joël Matip para a próxima temporada, além do meia sérvio Marko Grujic, que volta de período de empréstimo.