“Secado” pelos adversários mais próximos, o Londrina defende a liderança do 1.º turno da Copa Paraná na tarde de hoje em Cianorte. O Tubarão terá time completo diante do Leão do Vale do Ivaí, em jogo válido pela quinta rodada da competição.  Pela quarta vez em cinco jogos, o técnico Nei César repete a mesma escalação no Londrina. Uma vitória aproxima o alviceleste do título do 1.º turno, e conseqüentemente da final da competição. No Cianorte, a atração é a estréia do técnico Bagé, que substitui Cláudio Tencati. O time da casa está longe da disputa pelas primeiras posições.

Dois dos principais oponentes do Londrina se enfrentam na fronteira. Quarto colocado, com 6 pontos, o time B do Atlético joga suas últimas esperanças diante do vice-líder Foz, que tem 9. Mesmo um empate deixa o Furacãozinho praticamente fora da briga pelo título do 1.º turno. O técnico Tico Santos não terá o lateral-esquerdo Alexsandro, convocado para a partida do time principal diante do Inter.

O técnico do Foz, Claudemir Sturion, confirmou o time com três volantes no coletivo realizado sexta-feira – mesma formação de partidas anteriores. O treinador não se mostrou intimidado em enfrentar o Atlético. “Estamos a um ponto do líder (Londrina) e se quisermos chegar à liderança temos que vencer os nossos compromissos e decidir no confronto direto”, relatou Sturion, que escalou o time com Oliveira; Alyson, Rodrigo Souza, Marcelo e Rodolfo; Alemão, Gilmar, Eurico e Ítalo; Baby e Thiago Oliveira.

Já o Iraty, terceiro colocado, pode até assumir a ponta se derrotar o eliminado Engenheiro Beltrão em casa. O Toledo, do técnico Rogério Perrô, não terá o atacante Ray contra o Nacional, no Estádio 14 de Dezembro. O time da casa tem chances remotas, e a equipe de Rolândia está eliminada da briga pelo turno.

O regulamento da Copa Paraná determina que os campeões dos dois turnos decidem o título em duas partidas. Por causa do horário de verão, as partidas começam às 16 horas, em Cianorte, e às 16h30 nas demais cidades.