O Londrina segue desestabilizado na disputa da Série B e sofreu mais uma derrota na noite desta sexta-feira (27), no estádio do Café. A bola da vez foi o combalido Vila Nova, que se aproveitou de uma das poucas chances criadas no jogo para bater o Tubarão por 1×0. Depois do gol, marcado no início do segundo tempo, só deu Londrina. Mas, aí, brilhou a estrela do goleiro Rafael Santos, que fechou a meta pra garantir o resultado, que fez o Tigrão se igualar ao Londrina no número de pontos e sair da zona do rebaixamento.

O jogo mal havia começado e João Paulo, na sua estreia como titular, recebeu redondo de Matheusinho e, por muito pouco, não abriu o placar no estádio do Café. Mas a bola passou à direita do goleiro Rafael Santos. A resposta veio um pouco depois, Alan Mineiro recebeu de Diego Rosa e partiu pra cima da defesa do Tuba, mas falhou no último lance.

+ Confira a classificação da Série B

Porém, com a obrigação de mandante, somada à necessidade de reencontrar o caminho da vitória na Série B, o Londrina seguia buscando o resultado. Aos 14, Higor Leite cruzou com precisão, mas Matheusinho vacilou e desperdiçou a chance de abrir o marcador.

O Vila Nova, no entanto, não dava refresco e dificultava a vida do Londrina. Ora travando as jogadas dos donos da casa, ora chegando com perigo, como fez Alan Mineiro. Ele tentou de de fora da rua, mas mandou a bola pra fora. O mesmo Alan forçou Matheus Albino a fazer defesa com propriedade.

Os times tinham acabado de voltar a campo quando veio um castigo para o goleiro Matheus Albino. Bruno Mezenga ganhou da defesa e experimentou cruzado, de longe, e o arqueiro do Londrina aceitou, deixando o Vila sair na frente.

Mesmo atrás no marcador, o Tubarão não baixou a bola. Aos 17, Anderson Leite  cabeceou após o cruzamento de João Paulo, mas o goleiro do Tigrão estava atento para operar a defesa. Na sequência, foi Lucas Costa que tentou surpreender o arqueiro depois do escanteio, mas o arqueiro salvou mais uma vez. E os milagres na meta prosseguiram, desta feita na tentativa de Anderson Leite.

Ciente do aumento do volume do jogo do Tubarão, o técnico Marcelo Cabo começou a fortalecer a retaguarda do seu time, sacando homens de frente e dando passagem à turma da defesa, a fim de frear o ímpeto do Alviceleste. Na contramão, Tencati tirou o volante Anderson Leite pra dar lugar ao meia Arthur Caculé. Mas, mesmo jogando pra frente, o os donos da casa não conseguiram reverter o placar, que contribuiu pra deixar o Londrina com o alerta mais ligado do que nunca.

Ficha técnica

SÉRIE B
2º Turno – 25ª Rodada

Londrina 0x1 Vila Nova

Londrina
Matheus Albino; Alemão, Augusto, Lucas Costa e Juninho; Anderson Leite (Arthur Caculé), Germano e João Paulo (Paulinho Moccelin); Higor Leite (Junior Pirambu), Matheusinho e Léo Passos.
Técnico: Cláudio Tencati

Vila Nova
Rafael Santos; Jeferson, Patrick, Wesley e Romário; Edinho, Ramon, Alan Mineito(Diego Jussani) e Diego Rosa (Robinho); Mailson (Magno) e Bruno Mezenga.
Técnico: Marcelo Cabo

Local: Estádio do Café
Árbitro: Douglas Marques das Flores (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Fabio Rogerio Baesteiro (SP)
Gol: Bruno Mezenga, 4 do 2º.
Cartões amarelos: Juninho, Matheusinho (LEC)