O Londrina conseguiu, ontem, vaga para a terceira fase da Série C do Campeonato Brasileiro. A classificação veio de forma duplamente dramática: no tempo normal, o Tubarão venceu o Paranoá por 1 a 0, com um gol marcado aos 45? do segundo tempo; nos pênaltis, os londrinenses venceram por 4 a 3 e saíram do Estádio VGD comemorando a vaga. As penalidades foram necessárias porque o time do Distrito Federal havia vencido o jogo de ida pelo mesmo placar.

Nas cobranças, o goleiro Serginho foi o herói, ao defender chutes de Júnior e Alex. Já o goleiro visitante, Júnior, evitou o gol de Alex Paulista. Outros cobradores também falharam: Bruno, que marcou o gol no tempo normal, acertou a trave e Cacá, do Paranoá, mandou para fora. Converteram Fábio, Tita, Cesco e Jajá para os vencedores e Frank, Léo Guerreiro e Nilmar para os derrotados.

Na próxima etapa, o Londrina vai enfrentar o Ceilândia, também do Distrito Federal, que se classificou ao empatar com o Cene, por 1 a 1.

Durante os 90 minutos, o time paranaense teve um domínio improdutivo: era dono da bola, mas pouco ameaçava o goleiro Júnior. Na etapa final, o Londrina aumentou a pressão, que resultou no cabeceio de Bruno, que fez 1 a 0 no tempo normal e evitou a desclassificação prematura do Tubarão.