Depois de empatar em 1×1 com o Prudentópolis neste domingo (29), no Estádio do Café, o Londrina volta a campo nesta terça (31) contra o Avaí, em Florianópolis, em partida válida pela Copa da Primeira Liga. O confronto é às 19h, na Ressacada. O Tubarão venceu o primeiro confronto da competição contra o Figueirense, por 1×0 e é vice-líder do Grupo D, atrás do Paraná, que marcou dois na estreia contra o Avaí. O Tricolor só joga no dia 24/02, o que pode assegurar a liderança do grupo ao alviceleste paranaense, caso vença em Floripa.

Sem tempo para descansar, a equipe embarcou para a capital catarinense ontem, na hora do almoço. Em função do curto intervalo de tempo entre um jogo e outro, o técnico Claudio Tencati deve mudar o time para a disputa. O lateral-esquerdo Ayrton não viajou e deve ser substituído por Igor Miranda. O meia Fabinho também ficou em Londrina. Na lateral-direita, quem deve começar jogando é Igor Bosel, apesar de Lucas Ramon ter viajado com o time. Apesar de cansado, o capitão Germano deve ser mantido no time titular.

Quem tem boas chances de começar jogando é o meia Celsinho, que entrou no segundo tempo contra o Prude e espera uma chance entre os titulares. “Crio uma expectativa grande, pois estou tentando reconquistar meu espaço e se, for escalado, vou tentar fazer o melhor”. Sobre a maratona de jogos, o jogador reconheceu a correria, mas viu o lado positivo.”É o momento de usar o elenco todo e o Tencati vai fazer isto nesta partida. Para ficar inteiro, repouso e alimentação são primordiais”, disse.

O time provável do Tuba contra o Avaí tem Alan; Igor Bosel, Luizão, Marcondes ou Matheus e igor Miranda; Germano, França, Rafael Gava e Celsinho; Safira e Lucas Machado ou Wellison. A arbitragem da partida fica a cargo do gaúcho Leandro Pedro Vuaden, que será auxiliado por Rafael da Silva Alves e Maurício Penna.

Avaí

O principal jogador do Leão da Ilha não estará em campo no jogo desta terça-feira. Marquinhos, meia que já defendeu Paraná Clube e Coritiba, e é talvez o símbolo da reabilitação do time catarinense, será poupado pelo técnico Claudinei Oliveira. “Amanhã (terça) estou fora, porque não é de costume fazer tantos jogos assim em poucos dias. Venho da pré-temporada e ainda estamos terminando ela. Então, optamos pelo Catarinense. De terça para quinta fica muito próximo e a recuperação não vai existir. Já tenho uma certa idade e um histórico de algumas lesões”, explicou.