O meia Lucas está de volta ao São Paulo, mas apenas para tratar uma lesão. O jogador do Paris Saint-Germain desembarcou na capital paulista acompanhado do fisioterapeuta do clube francês, Cyril Praud, e está utilizando as instalações do Reffis para se recuperar de um problema na região lombar. Depois da realização de alguns exames, foi descartado qualquer tipo de contusão grave.

“Não queria estar vindo ao Brasil por esse motivo, mas vim para fazer tratamento no São Paulo essa semana, pois o Reffis é um dos melhores centros de recuperação do mundo”, declarou o meia. “Já estou na fase final da recuperação, melhorando a cada dia e quero ficar 100% para jogar as partidas finais do Francês.”

Lucas está fazendo tratamento em dois períodos durante a semana e seu retorno para a França está marcado para sábado. Além de se preocupar com a fase final do Campeonato Francês, no qual o PSG é líder, o meia também tem em mente a Copa das Confederações, já que é nome certo na convocação do técnico Luiz Felipe Scolari.

“Também preciso estar bem logo, pois tem a convocação para a Copa das Confederações e quero muito fazer parte deste projeto. Graças a Deus não é um problema sério e quando eu voltar para Paris já estarei bom”, afirmou o jogador, que aproveitou a vinda ao Brasil para matar a saudade. “Aproveito também para matar a saudade do meu País, de todos aqui no São Paulo e dos meus colegas.”

Revelado pelo São Paulo, Lucas se destacou em 2011 e 2012 antes de se transferir para o PSG na maior transação envolvendo um clube brasileiro na história. Para tirar o jogador de 20 anos do País, o time francês desembolsou cerca de 43 milhões de euros (R$ 108,3 milhões).