O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta sexta-feira, em Feira de Santana (BA), ter aprovado a escolha de Muricy Ramalho para dirigir a seleção brasileira. “Soube há pouco que escolheram o novo técnico da seleção e é o Muricy; bem escolhido, aliás”, comentou. “Até porque não seria bom que fosse o Mano Menezes, porque iam tirá-lo do meu Corinthians e eu ficaria triste”.

Após um reunião com Ricardo Teixeira, presidente da CBF, na manhã desta sexta, em um clube de golfe no Rio de Janeiro, Muricy aceitou o convite para ser técnico da seleção. Agora, falta apenas a liberação do Fluminense, com quem o treinador tem contrato até o fim do ano. Mas já é praticamente certo que ele irá substituir Dunga, que deixou o cargo após a eliminação do Brasil nas quartas de final da Copa do Mundo da África do Sul.

O técnico, de 54 anos, está no comando do Fluminense, que assumiu a liderança do Campeonato Brasileiro após a vitória sobre o Cruzeiro na quinta, e ainda precisa definir a sua situação no clube, que reluta em liberá-lo. A seleção brasileira deve realizar seis amistosos em 2010, sendo que a provável estreia acontecerá no próximo dia 10, em Nova Jersey, contra os Estados Unidos. A convocação para esta partida será feita na próxima segunda.