Vanderlei Luxemburgo dispensou uma apresentação oficial no Flamengo e já foi direto ao trabalho nesta terça-feira, após assumir o cargo no lugar do ex-treinador Silas. No CT Ninho do Urubu, em Vargem Grande, ele falou apenas após comandar o seu primeiro treino, e já deixou claro que a preocupação maior não é com o rebaixamento.

Mesmo com o Flamengo a duas posições da zona de perigo, Luxemburgo focará o seu trabalho na conquista da vaga à Copa Sul-Americana do ano que vem. “Estamos com 30 pontos e a possibilidade de classificação para a Sul-Americana é uma coisa boa, então é nisso que vamos pensar”, disse. No entanto, ele admitiu que os próximos jogos, contra Atlético-GO e Avaí, podem ser confrontos diretos na luta contra a queda à Série B.

“Vamos jogar com dois confrontos diretos e temos que buscar a vitória para já sairmos um pouco desta situação”, analisou Luxemburgo, que manterá o time concentrado até o final de semana. “Concentraremos amanhã (quarta) e ficaremos até domingo direto. O momento é de trabalhar, montar a equipe, e não ficar na quinta só assistindo”, afirmou, negando a possibilidade de não ficar no banco de reservas.

Apesar do momento difícil no Brasileirão, Luxemburgo ressaltou a satisfação em voltar ao clube pelo qual foi jogador e não treinava desde 1995. “É um prazer, voltar ao Rio, ao Flamengo, que é a minha casa, o clube para quem torço e nunca escondi. Voltar em um momento importante, no qual o Flamengo precisa se reencontrar e sair de uma posição desconfortável é importante”, comentou.

Por fim, Luxemburgo também valorizou o papel que ele terá nas reformas de melhoria do Ninho do Urubu, que ainda tem instalações precárias. A ideia do treinador é já montar uma estrutura temporária em Vargem Grande, para que a equipe não treine mais na Gávea, enquanto ele auxilia no novo projeto do centro de treinamento.

“Penso que vamos construir agora mesmo um CT. Isso será feito porque colocamos no contrato”, garantiu Luxemburgo. “O Flamengo precisa estar preparado para receber qualquer tipo de profissional. Estrutura tem de começar de imediato. É fundamental. Os treinamentos serão aqui, acabou a Gávea, aqui é o local de trabalho.”