A espanhola Dolors Sala Carrió, mãe do técnico Pep Gurdiola, do Manchester City, da Inglaterra, faleceu aos 82 anos, vítima de coronavírus. Além de Pep, Dolors tinha outras duas filhas (Olga e Francesca) e um filho (Pere).

O clube inglês lamentou nas redes sociais o falecimento da mãe de seu treinador. “A família Manchester City está arrasada ao relatar a morte de Dolors Sala Carrió, mãe de Pep, em Manresa, Barcelona, depois de contrair o coronavírus”, diz o comunicado.

“Todo mundo associado ao clube envia sua mais sincera simpatia neste momento angustiante para Pep, sua família e todos os seus amigos”, prossegue o texto.

Reservada, Dolors vivia na pequena Santpedor, município catalão aonde nasceu Pep, ao lado do marido e pai do treinador, Seu Valentí. A Espanha é o segundo país mais afetado do mundo pela pandemia, atrás apenas da Itália, com 13.055 mortes listadas oficialmente até esta segunda-feira (6), entre 135.032 pessoas contaminadas no país.

No mês passado, Guardiola havia feito doação de 1 milhão de euros (R$ 5,6 milhões) à Fundação Angel Soler Daniel para a compra de equipamentos de saúde a serem usados no combate ao coronavírus.

O treinador também postou um vídeo pedindo para os torcedores ficarem em casa como parte do esforço nacional no Reino Unido e na Espanha para ajudar o sistema de saúde dos países.

+ Mais do coronavírus:

+ Zagueiro paranaense fala sobre drama nos Estados Unidos, epicentro do coronavírus
+ Clubes do interior cobram “mesada” de R$ 75 mil da CBF
+ Polícia Civil investiga caso de tenista por desrespeitar isolamento