Apresentado na última sexta-feira, dois dias depois de ter sido campeão da Libertadores com o Santos, o atacante Maikon Leite disputou nesta terça o seu primeiro treino coletivo como jogador do Palmeiras. E já entrou no time titular, mostrando que deve ser escalado pelo técnico Luiz Felipe Scolari para fazer sua estreia na quinta, contra o Atlético-GO, no Canindé, pelo Brasileirão.

No treino desta terça-feira, Maikon Leite ganhou a vaga que foi do também atacante Wellington Paulista na derrota para o Ceará, no último domingo, em Fortaleza. Mas ele não foi a única mudança promovida por Felipão no time titular durante o coletivo. Recuperado de contusão, Gabriel Silva voltou no lugar de Rivaldo na lateral-esquerda, enquanto o zagueiro Maurício Ramos substituiu Leandro Amaro.

O atacante Kléber não participou do coletivo desta terça-feira. Como vem sofrendo com dores musculares nos últimos dias, ele ficou fazendo reforço muscular e não foi para o campo – Dinei ocupou seu lugar no time titular. Mas não deve ser desfalque para o Palmeiras no jogo de quinta. Outro poupado da atividade foi o goleiro Marcos, que também deve ter condições de enfrentar o Atlético-GO.

Já o lateral-direito Cicinho, que deixou o jogo contra o Ceará ainda no primeiro tempo, por causa de dores nos pés, atuou em parte do coletivo desta terça-feira e mostrou que deve ter condições de jogar na quinta. Quem também reapareceu no time titular foi o atacante Luan, que tinha cumprido suspensão na última rodada e volta a ocupar seu lugar no Palmeiras, o que faz com que Chico fique na reserva.

Assim, a tendência é que Felipão escale o Palmeiras com a seguinte formação para enfrentar o Atlético-GO: Marcos; Cicinho, Maurício Ramos, Thiago Heleno e Gabriel Silva; Márcio Araújo, Marcos Assunção e Lincoln; Luan, Maikon Leite e Kléber.