O ex-jogador Rashidi Yekini, maior artilheiro da história da seleção nigeriana de futebol e autor do primeiro gol da história da equipe da Copa do Mundo, morreu aos 48 anos. Ben Alaiya, o porta-voz da seleção da Nigéria, disse que o atacante faleceu na noite de sexta-feira e seria enterrado neste sábado no seu estado natal, em Kwara.

A causa da morte do ex-jogador ainda é desconhecida. Yekini marcou o primeiro gol da Nigéria em uma edição da Copa do Mundo, em partida contra a Bulgária, em 1994. A comemoração do atacante, segurando a rede da meta adversária, foi marcante e tratada como uma imagem icônica no seu país.

O atacante, de 1,90 metros, marcou 37 gols em 58 partidas pela seleção nigeriana. Yakini defendeu diversos clubes na sua carreira, incluindo o Olympiakos, da Grécia, e o Sporting Gijón, da Espanha. Ele foi o artilheiro do Campeonato Português na temporada 1993/1994, quando defendia o Vitória Setúbal. Além disso, Yekini foi eleito o melhor jogador do futebol africano em 1993. O atacante defendeu a seleção nigeriana nas Copas do Mundo de 1994 e 1998.