O Málaga deu fim à sua boa sequência no Campeonato Espanhol, foi derrotado pelo Villarreal por 2 a 1, nesta quinta-feira, e caiu para a quarta colocação. A equipe, que havia perdido apenas uma das últimas oito partidas, foi ultrapassada pelo Valencia, que venceu o Rayo Vallecano na rodada e hoje seria o último time do país classificado automaticamente para a fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa.

Mesmo assim, o Málaga segue fazendo boa campanha na temporada e está na quarta colocação, com 50 pontos. Se o campeonato terminasse hoje, a equipe estaria na fase preliminar da Liga dos Campeões. Já o Villarreal respira ainda mais na tabela, está a apenas uma posição da zona de rebaixamento, mas já abriu sete pontos do Zaragoza, que hoje cairia para a segunda divisão.

Quem saiu na frente nesta quinta foi o Málaga, com Cazorla, aos 20 minutos do segundo tempo. Aos 38, no entanto, Kameni cometeu pênalti e foi expulso. Na cobrança, Marcos Senna empatou. Quando parecia que o empate persistiria, Perez, nos acréscimos, selou a vitória do Villarreal.

Em outra partida do dia, o Sevilla não tomou conhecimento do Zaragoza e venceu por 3 a 0, em casa. Com dois gols de Negredo e um de Fazio, todos no primeiro tempo, a equipe chegou aos 45 pontos, na sétima posição, se aproximando da zona de classificação para a Liga Europa – o Osasuna, último na zona para a competição, tem 46 pontos. Já o Zaragoza segue na zona de rebaixamento, com 28 pontos.

Outro time que segue em situação complicada é o Racing Santander. Lanterna do Espanhol, com 25 pontos, a equipe perdeu mais uma nesta quinta, desta vez para o Mallorca, também por 3 a 0. Os gols do 12.º colocado, com 40 pontos, foram marcados por Nsue, Castro e Alfaro.