O Manchester City anunciou nesta quarta-feira a contratação do atacante Wilfried Bony. O jogador marfinense chega ao atual campeão inglês para aumentar as opções do setor ofensivo e vai realizar o seu sonho de jogar a Liga dos Campeões da Europa. “É um grande torneio que eu realmente quero jogar e quero vencer”, disse Bony após a assinatura de um contrato de quatro anos e meio.

Bony, de 26 anos, concluiu a sua transferência em Abu Dabi, onde está com a seleção da Costa do Marfim em preparação para a Copa Africana de Nações, que começa no próximo sábado e será disputada até 8 de fevereiro.

Assim, Bony ainda deve demorar um mês para fazer a sua estreia pelo Manchester City. E o atacante consultou Yaya Touré, seu companheiro de seleção e agora de clube, antes de fechar a sua transferência.

“O Campeonato Inglês é um campeonato difícil, preciso estar sempre na grande área e na posição certa. Estou sempre trabalhando duro para estar lá para marcar os gols e melhorar”, disse Bony. “Eu falo com Yaya todos os dias à serviço da seleção, e ele vai ajudar a me tornar um jogador melhor e um atacante mais letal”.

Bony, que se juntou ao Swansea em 2013, depois de atuar pelo Vitesse Arnehm, da Holanda, marcou 25 gols em 54 partidas do Campeonato Inglês. “Ele é muito difícil de marcar, porque ele é muito forte. Ele é um jogador inteligente, que tem habilidade e força. Seu número de gols vem sendo excelente desde que ele veio para a Inglaterra”, disse o técnico do City, Manuel Pellegrini.

“Ele se adaptou muito rapidamente ao jogo aqui, e vai se firmar no City rapidamente. Ele será uma adição muito boa ao nosso plantel. Agora temos quatro atacantes de alto nível”, completou o treinador.

Bony vai disputar uma vaga no ataque com Sergio Agüero, Edin Dzeko e Stevan Jovetic. A necessidade de contratar Bony surgiu diante das recentes lesões no City, que forçaram o meia James Milner a atuar mais avançado na equipe.