A viagem do atacante Carlitos Tevez para a Argentina parece ter sido o ponto final de sua relação com o Manchester City. Nesta sexta-feira, o técnico Roberto Mancini voltou a afirmar que o jogador não deve mais atuar com a camisa do clube, com quem vem se desentendendo constantemente desde o início desta temporada do futebol europeu.

Mancini chegou a dizer que Tevez estava “acabado” como jogador do City quando se recusou a entrar em campo em uma partida da Liga dos Campeões da Europa, diante do Bayern de Munique. Depois, o treinador afirmou que poderia perdoar o argentino, mas, após a viagem do mesmo a seu país natal sem consultar o clube, disse que “não crer” que o atleta voltará a jogar pela equipe.

A viagem do jogador parece mesmo ter irritado o comandante. Perguntado se tinha conhecimento sobre o atual paradeiro de Tevez, Roberto Mancini respondeu: “Sei que ele está na Argentina, mas não sei o que ele está fazendo por lá”.

Desde o início da temporada, o atacante tem declarado publicamente sua insatisfação no Manchester City e já pediu para ser transferido. O Corinthians chegou a negociar com o clube inglês na última janela de transferências, em julho, mas os valores não foram acordados para que ele voltasse a atuar pelo time do Parque São Jorge.