Mano Menezes é o novo técnico da seleção brasileira. O acerto com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ocorreu na noite desta sexta-feira, depois que Muricy Ramalho não aceitou o convite, alegando que o Fluminense recusou-se a liberá-lo, e foi confirmado neste sábado pelo treinador.

Na sexta, Ricardo Teixeira, presidente da CBF, chegou a se reunir com Muricy e o acordo parecia sacramentado. A reviravolta ocorreu durante a tarde diante da negativa do Fluminense, com quem o treinador tinha contrato. Assim, a entidade agiu rápido e fechou com Mano Menezes.

O novo técnico fará na próxima segunda a convocação para o amistoso contra os Estados Unidos, no dia 10 de agosto, em New Jersey. E o treinador chega com a tarefa de realizar uma renovação no elenco da seleção brasileira, considerada necessária por Ricardo Teixeira.

Mano Menezes foi zagueiro e tornou-se técnico na década de 1990. Seu primeiro clube foi o Guarani, de Venâncio Aires, no Rio Grande do Sul, mas ele se destacou e passou a chamar a atenção de clubes grandes do País no XV de Campo Bom em 2004, quando foi semifinalista da Copa do Brasil.

O treinador teve passagem por outros clubes gaúchos, como Caxias e, em seguida, transferiu-se para o Grêmio, no qual começou a brilhar nacionalmente e foi vice-campeão da Libertadores e bicampeão gaúcho, além de ter levado o time de volta à primeira divisão do Campeonato Brasileiro.

O auge da carreira foi atingido no Corinthians, com os títulos da Copa do Brasil e do Campeonato Paulista em 2009. Ele também comandou a equipe na campanha vitoriosa da Série B de 2008 e agora terá o maior desafio da sua vida ao tentar levar o Brasil ao hexacampeonato mundial na Copa de 2014.