Mano Menezes não é mais o técnico da seleção brasileira. Após reunião na tarde desta sexta-feira (23), na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), ficou definida a saída do treinador.

De acordo com a entidade, o nome do novo comandante será anunciado somente no início de janeiro – Tite, Felipão e Muricy Ramalho são os mais cotados. Em 33 jogos no comando da seleção, Mano Menezes conquistou 21 vitórias, seis empates e perdeu outros seis jogos.

O ex-técnico do Corinthians teve uma péssima campanha no comando da seleção. A queda no ranking da Fifa e os fracassos na Copa América e Olimpíadas de Londres foram cruciais para a sua demissão.

Mano Menezes só conseguiu conquistar o título do Superclássico das Américas, contra a Argentina, na última quarta-feira. Substituto de Dunga, após o fiasco na Copa do Mundo de 2010, o ex-técnico do Corinthians convocou 102 jogadores para a seleção, com Neymar sendo o principal atleta da “era Mano Menezes”.

O treinador chegou ao cargo na Canarinho com o objetivo de renovar o grupo, visando a disputa das Olimpíadas de Londres e da Copa do Mundo de 2014. Entretanto, não conseguiu encontrar a equipe perfeita para as disputas da principais competições.