O atacante Guerrón chegou recentemente ao Atlético Paranaense e já é alvo de polêmica entre os jogadores. Isso se deve pela semelhança que o atleta possui com o zagueiro Manoel. A brincadeira entre os boleiros é geral e quem observa os dois lado a lado chega até a se assustar, por tamanha similaridade.

Apelidado de Guerrón nos tempos de Juniores, o zagueiro Manoel pode comprovar a veracidade do nome que ganhou nos tempos de Sub-20. “Eu achava bem parecido. Mas o apelido surgiu porque eu corria muito. E o fato dele estar aqui agora é muito legal”, comentou o jogador. O defensor só achou uma diferença. “Realmente somos parecidos. Mas eu sou mais bonito”, destacou Manoel em tom de brincadeira.

O atacante Guerrón afirmou que se impressionou quando viu o zagueiro pela primeira vez. “Quando eu vi até me assustei. Algumas pessoas já haviam comentado e realmente é muito parecido. A diferença é que ele é um pouco mais forte e mais alto que eu”, analisou o avante, que não liga para as comparações. “Estou tranquilo e acho até bem legal”, avaliou Guerron.

O volante Chico também destacou a semelhança. “Os dois são muito parecidos mesmos. E não só na aparência. Os dois falam tudo enrolado e cortam o cabelo quase igual”, brincou o jogador.

O preparador físico Riva Carli também comentou outras coincidências. “Os dois são atletas de muita força. Mas cada um em seu biótipo para a posição. O Guerrón tem força e velocidade. Mas considero o Manoel um atleta mais completo, analisando em diversas áreas fisicas”, concluiu Riva.