Campeão antecipadamente da temporada 2014 da MotoGP, Marc Márquez fez história na última prova do campeonato. Neste domingo, o espanhol da Honda triunfou na etapa de Valência, realizada no Circuito Ricardo Tormo, e encerrou o ano com um recorde de vitórias – 13.

Assim, Márquez superou a marca anterior, que era do australiano Michael Doohan, com 12 triunfos no campeonato de 1997. E o espanhol da Honda, bicampeão mundial da MotoGP, terminou o campeonato com 362 pontos, com uma vantagem de 67 para o vice-campeão, que só foi definido neste domingo, o italiano Valentino Rossi, com 295 pontos.

Após conquistar a sua 50ª pole position na MotoGP no último sábado, Rossi não resistiu a Márquez, que largou apenas da quinta colocação, mas fez corrida impecável e não teve qualquer dificuldade com os momentos de chuva para faturar a sua 19ª vitória na MotoGP. Assim, Rossi precisou se contentar com a segunda colocação, resultado suficiente para lhe assegurar o vice-campeonato da MotoGP.

O espanhol Dani Pedrosa, que chegou a lutar com Márquez pela liderança, terminou a prova na terceira colocação com a sua Honda. Ele foi seguido pelo italiano Andrea Dovizioso, da Ducati, que fez disputa acirrada com o britânico Cal Crutchlow, seu companheiro de equipe, na volta final para assegurar a quarta colocação.

O espanhol Pol Espargaró, da Yamaha Tech3, ficou em sexto lugar, logo à frente do irmão Aleix, da Forward, o sétimo. O alemão Stefan Bradl, da LCR Honda, terminou a etapa de Valência na oitava colocação, seguido do italiano Michele Pirro, da Ducati, e do britânico Scott Redding, da Gresini Honda, que completaram a lista dos dez primeiros colocados.

O espanhol Jorge Lorenzo, que lutava com Rossi pelo vice-campeonato da MotoGP, teve um domingo para esquecer. Ele optou por trocar a sua Yamaha em um dos momentos de chuva da prova deste domingo, mas a aposta não funcionou. Ele teve problemas de rendimento e abandonou a corrida, terminando o campeonato na terceira colocação, com 263 pontos.

Já a Suzuki, que fez o seu retorno à MotoGP neste fim de semana, não teve êxito e viu o francês Randy de Puniet abandonar a etapa de Valência após a disputa de 18 voltas. A equipe japonesa participará de toda a temporada 2015, prevista para começar no dia 29 de março com a realização da etapa do Catar.