O Fluminense volta a campo no domingo, contra a Ponte Preta, em Campinas, ainda sonhando com uma vaga na Libertadores. Apesar da sequência de sete jogos sem vencer, o time carioca está a três pontos do Atlético-PR, o último time dentro da zona de classificação, em sexto.

“Hoje a gente tem apenas 2% de chance, mas os jogadores estão querendo muito. Acredito que eles vão brigar até o final. Enquanto tivermos chances, eles vão se dedicar ao máximo. Não dá pra mudar muito a estrutura do time, mas deve sim ter algumas mudanças”, disse o técnico interino Marcão.

Nesta sexta-feira, ele fechou parte do treino realizado no novo CT do Fluminense, na Barra da Tijuca, e avisou que só divulgará a escalação que vai encarar a Ponte Preta minutos antes do início da partida.

O atacante Wellington, suspenso, é desfalque certo. No lugar dele, durante a parte aberta da atividade, treinou Marcos Junior. De volta da seleção sub-20, Richarlison entrou na vaga de Marquinho, enquanto Douglas recuperou a posição no meio-campo. Diego Cavalieri e Renato Chaves estão no departamento médico.

A tendência é que o time seja escalado com: Julio Cesar; Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus; Douglas, Edson, Cícero e Gustavo Scarpa; Marcos Junior e Richarlison.