Em dia de recordes do ala Marcelinho, o Flamengo superou o São José/Unimed/Vinac, por 101 a 89, neste domingo, no Rio de Janeiro, e se manteve na vice-liderança do Novo Basquete Brasil (NBB). Marcelinho entrou para a história de todos os campeonatos brasileiros ao marcar 63 pontos (38 deles no primeiro tempo) e acertar 16 arremessos de três pontos em 21 tentativas.

Foi a segunda vez neste ano que o ala supera o recorde de pontos em uma única partida. Em janeiro, ele havia marcado 45, quebrando a marca de Dedé, do Paulistano/Amil, que tinha 42 pontos.

De acordo com as estatísticas da Confederação Brasileira de Basquete (CBB), o recorde em vigor em campeonatos brasileiros era de Oscar, que marcara 59 pontos no dia 4 de abril de 1999, quando defendia o Mackenzie.

Oscar, contundo, ainda detém o recorde nacional. Quando defendia o Bandeirante/Barueri, ele registrara 74 pontos em uma partida contra o Corinthians, durante o Campeonato Paulista.

Dessa vez, Marcelinho também deixou para trás o recorde de arremessos de 3 pontos, que era do armador Manteguinha (Ciser/Araldite/Univille/Joinville), com nove bolas. Com os 16 acertos, o ala do Flamengo superou o recorde da Liga Espanhola, que pertence a Oscar: 11 cestas de três em 19 tentativas na temporada 1993/94.

“Outro dia, estava assistindo um jogo da NBA com a minha esposa e passou uma reportagem sobre os 81 pontos que o Kobe Bryant marcou uma vez. Aí eu falei brincando com ela que, num dia inspirado, de repente eu chegava aos 50 pontos. Hoje eu estava inspirado, muito feliz, e esse recorde foi fruto do ótimo trabalho da nossa equipe”, comemorou Marcelinho.

Na mesma partida do Flamengo também brilharam Paulão e Fúlvio, do e São José. Cada um anotou um double double. Paulão registrou 20 pontos e 12 rebotes, enquanto Fúlvio contribuiu com 15 pontos e 14 assistências. A equipe visitante ocupa a sétima posição da tabela, com oito vitórias e 10 derrotas.

Também neste domingo, o Pitágoras/Minas bateu o GRSA/Itabom/Bauru, por 114 a 113, após duas prorrogações. Sucatzky, Murilo e Drudi brilharam com double double. O armador argentino anotou 15 pontos e 12 assistências. Murilo marcou 21 pontos e 10 rebotes, e Drudi, 22 pontos e 13 rebotes.

No Distrito Federal, o líder Universo/BRB/Financeira Brasília superou o Assis Basket por 101 a 62, com grande atuação do ala/pivô Guilherme Giovanonni. Ele também conseguiu um double double, com 29 pontos e 10 rebotes. O Brasília segue isolado na ponta, com 16 vitórias e três derrotas.

A terceira posição é do Vivo/Franca, que derrotou o Vila Velha/Cetaf/Garoto/UVV, por 85 a 64, fora de casa. Ainda no Espírito Santo, o Palmeiras/Lupo/Araraquara superou o Guaraná Antártica/Vitória/Saldanha por 70 a 61. O pivô Deivisson, da equipe visitante, registrou um double double, com 18 pontos e 10 rebotes.

Em busca das primeiras colocações, o Pinheiros/SKY ganhou do Ciser/Araldite/Univille/Joinville, por 75 a 63, em Santa Catarina, e superou o rival na tabela. Agora é o quinto colocado, com dez vitórias e oito derrotas.

Ainda neste domingo, o Campos do Conde/Sercomtel/Londrina venceu o Paulistano/Amil, por 75 a 64. O ala Guilherme Flipin foi o destaque da partida, ao marcar 26 pontos. A equipe paranaense ultrapassou o adversário e chegou à décima segunda posição, com seis vitórias em 18 jogos.