Após a queda na Copa Libertadores, Marcelo Oliveira indicou nesta sexta-feira que não pretende fazer mudanças no time do Cruzeiro para o jogo contra o Figueirense, domingo, em Florianópolis. Tentando fazer mistério, o treinador só confirmou uma alteração na equipe para esta rodada do Brasileirão.

Marcelo vai trocar Mena por Pará, porque o chileno vai se apresentar a sua seleção neste fim de semana para a disputa da Copa América. Fabrício, o outro lateral-esquerdo do elenco, está machucado – recupera-se de lesão muscular. “A base do time é a mesma, vamos observar o desgaste dos jogadores”, disse o técnico.

Ele vai esperar o treino deste sábado para definir a escalação para o jogo no estádio Orlando Scarpelli. “Faremos o último treino para definir quem vai jogar, mas não deve haver modificações importantes”, antecipou Marcelo Oliveira.

Com apenas um ponto na tabela, assim como o Figueirense, o treinador disse que espera uma partida difícil fora de casa. “Campeonato Brasileiro é assim mesmo. Todos os jogos serão muito complicados. O Figueirense é sempre forte, mas é possível ganhar. É pegar uma sequência boa, dar uma arrancada forte para buscar primeiras colocações”, declarou.

Marcelo fez questão de destacar que o elenco cruzeirense está motivado para a sequência do Brasileirão, apesar do desânimo pós-eliminação na Libertadores. “Um dos estímulos naturais é ser atleta do Cruzeiro. É ser profissional em um dos melhores clubes para trabalhar. Outra situação de estímulo é preparando bem, e outra é a mobilização da semana, antes do jogos, e ter como objetivo o terceiro campeonato consecutivo. Agora vamos mirar nisso.”