Depois de algumas idas e vindas, hoje deve ser batido o martelo sobre o futuro de Marcos Aurélio. Apesar de alguma relutância do atacante, seduzido por propostas de clubes paulistas, a tendência é de um acerto entre o Atlético e o representante do jogador.

A reunião que definiria o destino do baixinho foi transferida da última quarta-feira para hoje à tarde, por causa de uma viagem do presidente do Conselho Deliberativo do Atlético, Mário Celso Petraglia, para São Paulo. Em pauta estará a venda de 50% dos direitos federativos de Marcos Aurélio para o Furacão.

Hoje, 80% do antigo ?passe? estão em poder do empresário Zemer Ongarato e outros 20% ao Bragantino, clube que o atleta defendeu até o Paulistão-2006.

O empresário e o Braga propuseram negociar metade de suas partes ao Atlético, por um total de R$ 450 mil – assim, o Furacão teria 50% dos direitos, o empresário, 40%, e o time de Bragança Paulista 10%. Numa futura negociação, a divisão do valor respeitaria estes novos percentuais.

De acordo com Ongarato, o Atlético já se mostrou disposto a desembolsar esta quantia.

O próprio empresário, no entanto, admite que a preferência do jogador é voltar ao estado vizinho – ele teria propostas mais vantajosas financeiramente do São Paulo e do Santos. ?Mas o Atlético tem preferência pela compra. Não vamos desrespeitar o que já foi compromissado?, falou o procurador.

O maior empecilho é combinar um novo salário com o atacante. Ele teria recebido oferta de R$ 50 mil mensais do tricolor paulista -que pode até sair da jogada caso acerte com Dagoberto. O Atlético rejeita pagar este valor, mas tentará nova composição com o empresário.

Terceiro maior artilheiro do Paulistão 2006, Marcos Aurélio foi contratado em abril pelo Rubro-Negro.

Não teve uma chance sequer com Givanildo de Oliveira, mas encontrou a redenção com a vinda do técnico Vadão, que já o conhecia do futebol paulista. O rápido atacante logo virou um dos destaques rubro-negros e fechou o ano como artilheiro do time no Brasileirão (10 gols) e na Sul-Americana (quatro).