Acompanhar as jogadas de perto
não será problema para Mafra.

Pelo menos na parte física, o Atletiba está garantido. As partes disciplinar e técnica, só o jogo dirá. O árbitro para a decisão do campeonato paranaense, domingo, às 16h, na Arena, sorteado ontem à tarde, na Federação Paranaense de Futebol, é professor em educação física e costuma acompanhar os lances “em cima”, além de ser rigoroso no aspecto disciplinar.

Marcos Tadeu da Silva Mafra, será auxiliado pelo cabelereiro Rogério Carlos Rolim e pelo corretor de seguros Vagner Vicentin. O quarto árbitro – que perdeu no sorteio – será o funcionário público federal Carlos Jack Magno.

Esté é o sexto jogo que Marcos Mafra apitará neste estadual. Ele é formado no curso de arbitragem em 1998 e considerada a grande promessa de sua safra. No ano passado, ele dirigiu um dos jogos mais difíceis, quando o Londrina eliminou o Atlético na semifinal, também pelo paranaense.

De acordo com o diretor do departamento de árbitros da Federação Paranaense de Futebol, Fernando Luiz Homann, a indicação de Mafra e Magno para o sorteio foi “um prêmio para os árbitros da Capital”, já que na semana passada ele fez o sorteio com o interior e foi escolhido Héber Roberto Lopes.