O goleiro Marcos voltou a falar na possibilidade de abandonar o futebol no fim da temporada 2010. Depois de desabafar após o primeiro tempo da derrota por 3 a 1 para o Santo André na última quarta, o ídolo palmeirense disse que o condicionamento físico pode levá-lo a parar.

“Foi um desabafo quando estava sendo criticado por alguns torcedores. É um pensamento que tenho por conta da minha condição física. Tenho problema no ombro, no joelho. Isso é para não manchar a minha imagem. Pode ser melhor parar no final do ano”, afirmou o goleiro, que está com 36 anos e tem contrato com o Palmeiras até o fim de 2011.

Marcos também disse existir a possibilidade de passar por uma fase de transição no próximo ano, participando de poucos jogos e sendo reserva de Deola ou Bruno. “Nunca foi um desrespeito para mim ser reserva. Isso tem que ser uma análise da diretoria e da comissão técnica. Em 30, 40 jogos, a minha condição vai estar pior e as falhas vão aparecer mais”, disse.

O goleiro, porém, garantiu ter entendido as críticas dos torcedores pela sua falha no segundo gol da vitória do Santo André por 3 a 1 sobre o Palmeiras. “Se eu tivesse na arquibancada, eu teria xingado também. Você sabe que erra e vai ser cobrado”, comentou.

Marcos prometeu que o Palmeiras vai se recuperar no Campeonato Paulista e aprovou a ideia da equipe treinar em Itu na próxima semana. “Agora o Antônio [Carlos] vai ter a primeira semana para treinar em Itu. A gente já teve varias fases ruins, mas já deu a volta por cima e não vai ser diferente”.