O torcedor palmeirense já poderá ver o seu ídolo em ação novamente nesta quinta-feira, quando o time alviverde recebe o Botafogo no Pacaembu, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. Recuperado de uma artroscopia no joelho esquerdo, Marcos volta ao gol do Palmeiras e igualará uma marca de Djalma Santos, outro ídolo do clube.

Após Deola ser o titular nos últimos jogos, contra Santos e Avaí, o técnico Luiz Felipe Scolari antecipou nesta quarta que Marcos começará jogando. Assim, ele completará 498 partidas pelo Palmeiras, se tornando o sétimo jogador a mais vestir a camisa do clube e se igualando ao lateral-direito que se destacou pelo time na década de 1960.

Animado pelo retorno, Marcos também comemorou o feito histórico. “É muito legal atingir esses recordes, ainda mais atingindo a marca do Djalma Santos, que foi um dos grandes craques da história do Palmeiras”, comentou. Para o jogo diante do Botafogo, o goleiro projeta apenas a vitória.

“O Palmeiras precisa sempre pensar em ficar entre os primeiros. É verdade que o campeonato está no começo, mas nós sabemos como funciona o sistema de pontos corridos da competição e é importante não distanciar nesse início. Vamos jogar para vencer, mas sabendo que não existe jogo fácil no Brasileirão”, disse Marcos.

Além do goleiro, Felipão também promoverá mais três novidades na equipe. Com Danilo e Léo suspensos, a zaga será formada por Maurício Ramos e Edinho. Na lateral esquerda, Armero recupera a posição de Gabriel Silva após ter a sua saída do clube frustrada. O colombiano iria para o Parma, da Itália.