O São Caetano ainda não venceu fora de casa neste Campeonato Brasileiro, mas sabe que será muito difícil quebrar este pequeno tabu diante do Paraná, hoje, pela 10.ª rodada. Tanto que o técnico Mário Sérgio priorizou o sistema defensivo para segurar um adversário, que tem 100% de aproveitamento no estádio Pinheirão, em Curitiba, o local do jogo.

Enquanto o time paranaense venceu seus quatro jogos em casa, o São Caetano empatou duas e perdeu outras duas vezes como visitante. Na derrota para o Vasco, por 1 a 0, em São Januário, o time do ABC atuou muito bem mas não venceu. “O que importa é somar pontos, jogando bem ou mal. Às vezes o time joga bem e perde, deixando um ar de esperança para o futuro. Mas os pontos é que ditam a tabela de classificação”, afirmou Mário Sérgio.

Para o jogo de hoje, o zagueiro Serginho e o lateral-esquerdo Zé Carlos voltam após cumprirem suspensão automática. É provável que Mário Sérgio aproveite Marlon como lateral-direito, reforçando a marcação, além de fixar Mineiro no meio-de-campo, ao lado de outros dois volantes: Marco Aurélio e Fábio Santos. A meia poderá ser ocupada pelo jovem Marcelo Mattos ou até mesmo por Anaílson. Os desfalques são o volante Ramalho e o meia Luis Carlos Capixaba, com três cartões amarelos.

O ataque, apesar do fraco desempenho nos últimos jogos, deve ser mantido com Marcinho e Adhemar, que não marca há três meses. “Vivo de gols. É melhor marcar antes que eu morra”, ironizou o atacante, incomodado com sua própria situação.