Sem jogar Copas do Mundo desde 1998, Marrocos manteve vivo, neste sábado, o sonho de vir ao Brasil para o próximo Mundial. A equipe marroquina entrou em campo em Marrakesh para enfrentar a Tanzânia, venceu por 1 a 0, e conquistou, após quatro jogos, o seu primeiro resultado positivo nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014. A classificação, porém, será tarefa dificílima.

Marrocos está no Grupo C, e no outro jogo da chave neste sábado a Costa do Marfim fez 3 a 0 em Gâmbia, com gols de Traoré, Bony e Yaya Touré. Os marfinenses lideram com 10 pontos, contra seis da Tanzânia e cinco dos marroquinos. Estes, para irem à Copa, precisam de quatro resultados: empate entre os dois rivais na próxima rodada, vencer Gâmbia (em casa) e Costa do Marfim (fora), e contar com tropeço dos tanzanianos frente aos gambianos na última rodada.

Apenas o primeiro colocado de cada grupo avança à última fase, na qual os 10 campeões das chaves se enfrentam em cinco confrontos eliminatórios. Quem vencer vai à Copa.

Também neste sábado, pelo Grupo J, Senegal empatou em 1 a 1 com Angola, fora de casa, e Uganda venceu por 1 a 0 a Libéria, deixando a chave totalmente embolada. Senegal lidera com seis pontos, seguido de Uganda (cinco), Angola e Libéria (ambos com quatro).

Já pelo Grupo B, a Tunísia perdeu a chance de já garantir a classificação ao empatar em 2 a 2 com Serra Leoa, fora de casa. Assim, foi a 10 pontos, contra cinco dos rivais. Cabo Verde venceu Guiné Equatorial e somou seus três primeiros pontos. Guiné, que tem um time inteiro importado (nenhum jogador nasceu no país), tem quatro. O único gol da equipe na derrota por 2 a 1 foi de Obina, atacante da Ferroviária de Araraquara (SP).