Neymar recebeu elogios do técnico do Barcelona, Tata Martino, nesta sexta-feira. O argentino demonstrou confiança no atacante brasileiro, fez seguidos elogios, mas ressaltou que ele não deve buscar imitar o estilo de Lionel Messi na tentativa de suprir a ausência do melhor jogador do mundo.

“Cada um tem de se comportar de acordo com suas possibilidades, ser autêntico e oferecer o melhor de seu repertório. Que um se disfarce de outro não nos interessa”, afirmou Martino, ao citar Neymar, Fàbregas e Alexis Sanchez.

O técnico, porém, não deixou de exaltar as qualidades do brasileiro, chamado de “fenomenal”. “Ele está fazendo um trabalho excepcional para a equipe. É um jogador muito importante e, às vezes, me surpreende as críticas que recebe. Não costumam ressaltar as coisas boas nele”.

MESSI – A polêmica em torno da lesão de Messi e a convocação pela seleção argentina também foi debatida pelo treinador nesta quinta. Ele voltou a defender o rodízio no elenco e garantiu sua efetividade. “Sempre que pudermos, vamos economizar alguns minutos de jogo dos jogadores. Seguiremos com o rodízio para que os jogadores não cheguem fatigados ao final da disputa”.

Para o treinador, a lesão do atacante argentino não pode ser atribuída à falta de descanso. Martino declarou que Messi chegou muito bem na pré-temporada em um período anterior aos demais que disputavam a Copa das Confederações. “Há fatalidades, questões de jogo dentro das partidas que podem ocasionar alguma lesão.”

Messi esteve ausente na vitória do Barcelona na Liga dos Campeões nesta semana contra o Celtic. A lesão na coxa direita aconteceu durante o confronto com o Almería no fim de semana. O argentino deve desfalcar o time espanhol em outros dois jogos do Campeonato Espanhol e duas partidas da seleção argentina pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.