O piloto brasileiro Felipe Massa continua se recuperando do acidente sofrido nos treinos para o Grande Prêmio da Hungria, no último sábado. Na ocasião, uma mola do carro de Rubens Barrichello se soltou e atingiu Massa, que bateu sua Ferrari a 280 km/h.

Massa, que chegou a estar em coma induzido, abriu o olho atingido nesta terça-feira e deixou os médicos mais otimistas. O piloto teve sua sedação suspensa ontem e havia o temor de que Massa poderia ter problemas no olho, mas não passou de um susto.

O piloto, que está internado na UTI do Hospital Militar de Budapeste, ainda não se recorda do acidente e não há uma previsão exata de alta para ele. O certo é que Massa ficará fora das pistas por cerca de 60 dias. O substituto do brasileiro na escuderia italiana pode ser o alemão heptacampeão mundial, Michael Schumacher, que atualmente é consultor da Ferrari.