Embora já esteja com a sua cabeça na temporada de 2014, quando passará a pilotar pela Williams, Felipe Massa se mostrou incrédulo com o desempenho de sua Ferrari no treino de classificação para o grid, neste sábado, e também nas sessões livres do GP dos Estados Unidos de Fórmula 1, marcado para acontecer neste domingo, em Austin.

O piloto brasileiro largará do 14.º lugar e garante não entender os motivos para este rendimento que admitiu ter sido “muito abaixo do esperado”. “Tem alguma coisa errada, que não está funcionando. Desde ontem (sexta-feira) à tarde que venho sofrendo com o carro, não consigo usar o carro. O Fernando (Alonso) conseguiu uma boa volta e está usando o carro do jeito que tem que usar. Eu não consigo por algum motivo que a gente ainda não entendeu o que é”, afirmou Massa, em entrevista para a TV Globo.

Em seguida, o brasileiro cobrou mudanças de última hora no acerto de sua Ferrari, com a qual teme realizar uma prova muito ruim neste domingo. “Tem que revirar o carro inteiro, senão a corrida vai ser um desastre, vendo como está o carro e como está o rendimento”, completou.

E Massa só sairá do 14.º lugar, e não do 15.º, posição que obteve na pista, porque o inglês Jenson Button, da McLaren, foi punido com a perda de três colocações no grid por ter feito uma ultrapassagem irregular no primeiro treino livre, na sexta-feira.