Depois de 11 rodadas e pouco mais de dois meses de bola rolando, o Campeonato Paranaense chega à sua fase decisiva. A partir de agora, os oito times classificados para o mata-mata já conhecem o caminho rumo a seus objetivos, que não são poucos. Todos brigam primeiramente pelo título estadual, mas algumas equipes também sonham com vagas na Série D do Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e até final do interior.

Após uma última rodada onde cada gol que saía alterava a classificação, Paraná Clube, Coritiba, Maringá, Londrina, J. Malucelli, Prudentópolis, Rio Branco e Atlético, na ordem de posição final, são os clubes que avançaram para as quartas-de-final, que, logo de cara, terá um clássico pela frente. Tricolor e Furacão repetirão a partida de ontem e duelam já na próxima fase. Quem vencer, terá pela frente o ganhador de Tubarão x Jotinha.

Já o outro lado da chave reservou uma curiosidade. Campeão e vice da segunda divisão do Paranaense do ano passado, Maringá e Prundentópolis se encontrarão nas quartas-de-final. Com isso, um dos clubes que subiram para a elite nesta temporada tem sua vaga garantida entre os quatro melhores do Estadual. Quem ganhar, disputará a vaga na final com o vencedor de Coxa x Leão da Estradinha.

Desta forma, a decisão do Paranaense pode ser a mesma dos últimos quatro anos: o clássico Atletiba. Desde 2010, a dupla vem dominando a competição, sempre sendo os dois primeiros colocados – em 2010 e 2011 o campeonato não teve final -. A última vez que houve um ‘intruso’ entre os dois melhores foi em 2009, quando o Furacão foi campeão e o J. Malucelli ficou em segundo. Naquele ano  também não havia decisão.

No entanto, isto não significa que se Alviverde e Rubro-negro mais uma vez forem os finalistas, o jogo derradeiro será no Couto Pereira.

Isto porque, de acordo com o regulamento, os pontos seguem sendo somados no mata-mata. Assim, mesmo com o Coritiba terminando em segundo na classificação geral da primeira fase e o Atlético sendo apenas o oitavo, a vantagem do mando de campo não está garantida. Como os dois clubes estão separados por apenas três pontos, até a final o Furacão, dependendo dos resultados dos confrontos, pode pontuar mais que o Coxa. Assim como em todos os jogos a partir das semifinais. Até mesmo o Paraná, líder geral, pode chegar à final sem a vantagem do mando.

As quartas-de-final começam já no próximo domingo, com a volta acontecendo no dia 23. Os horários serão definidos pela Federação Paranaense de Futebol (FPF) hoje, mas, à pedido da RPCTV, a tendência é que Coritiba x Rio Branco seja às 16h e o clássico aconteça às 18h30. Os quatro primeiros, por ter melhor campanha, terão o direito de jogar a partida de volta dentro de casa, mas não têm vantagem de jogar por dois resultados iguais. Se acontecer dois empates ou uma vitória para cada lado pela mesma diferença de gols, a decisão da vaga vai para a disputa de pênaltis.