A brasileira Maurren Maggi, campeã olímpica do salto em distância nas Olimpíadas de Pequim, em 2008, comemorou a sua primeira medalha de ouro como atleta do São Paulo. Ela venceu a prova pela qual é especialista no Troféu Caja de Ávila, meeting disputado na cidade espanhola de mesmo nome.

Ela obteve o feito na última quinta-feira ao saltar 6,36m e superar as duas melhores saltadoras da casa na competição, sendo uma delas Concha Montaner, que venceu recentemente o Campeonato Ibero-Americano, em San Fernando (ESP).

“Ela estava um pouco cansada das viagens e também ansiosa. Mais importante que o resultado foi o fato dela saltar sem dor”, comemorou o técnico de Maurren, Nélio Moura, ao comentar o fato de a atleta ter voltado a competir depois de ficar nove meses afastada por causa de uma cirurgia no joelho direito.

“O vento variava muito, o que dificultava para todas acertarem a marca. O primeiro passo foi dado, e ela demonstrou que, recuperando a confiança, poderá evoluir rapidamente”, reforçou o treinador da atleta, em entrevista publicada nesta sexta-feira pelo site oficial do São Paulo.