O GP do Brasil, no domingo, será a última corrida da carreira de David Coulthard na Fórmula 1. Depois de 15 temporadas, o escocês de 37 anos vai se aposentar. Por isso, os mecânicos da Red Bull, atual equipe do piloto, decidiram homenageá-lo, utilizando kilts, saiote tradicionalmente utilizado pelos escoceses.

Coulthard já havia sido homenageado na quinta-feira. Todos os 19 pilotos da Fórmula 1 se juntaram ao escocês para uma foto de recordação. O carro do piloto britânico também recebeu uma pintura diferente para o GP do Brasil.

Ao invés do tradicional azul escuro da Red Bull, o carro de Coulthard em Interlagos será predominantemente branco. E fará promoção da fundação “Wings for life”, que foi criada em 2004 e ajuda a promover pesquisas médicas sobre danos na coluna.

David Coulthard venceu 13 corridas, conseguiu 12 poles e foi ao pódio 62 vezes. Nesta temporada, o piloto escocês já marcou oito pontos. Seu melhor desempenho aconteceu no GP do Canadá, quando terminou a prova na terceira colocação.