O meia-atacante Felipe Amorim está fora da Série B. Um exame ontem pela manhã, ainda em Natal, confirmou a luxação no punho esquerdo do jogador. A indicação é cirúrgica e o médico Jonathan Zaze antecipou que Amorim só volta a jogar no ano que vem. Para piorar, Paulo Sérgio também desfalcará o Paraná por uma série de pelo menos quatro jogos. Com uma distensão no músculo posterior da coxa direita, ele fica de duas a três semanas longe da equipe.

Os dois jogadores devem retornar hoje a Curitiba, assim como o ala Moacir, que não se recuperou de um trauma no joelho direito, sofrido no jogo contra o Avaí. Dado Cavalcanti, ainda buscando alternativas para uma guinada, decidiu somente hoje definir quais atletas serão convocados para o jogo deste sábado, seguindo ainda hoje para Fortaleza, onde a delegação tricolor está concentrada desde ontem à tarde.

É certo que o volante Édson Sitta e o atacante Reinaldo vão reforçar o grupo frente ao Ceará. Sitta retorna após cumprir suspensão, enquanto o artilheiro segue uma programação da comissão técnica, de atuar apenas uma vez por semana. Outras variações devem ocorrer, até por que Dado Cavalcanti ainda depende de uma avaliação do departamento médico em relação a Brinner. O zagueiro, que sentiu um desconforto na coxa esquerda, durante o jogo em Goianinha-RN, realiza exame mais apurado hoje pela manhã, em Fortaleza.