Cabeças de chave número 2 do torneio de duplas de Wimbledon, o brasileiro Marcelo Melo e o croata Ivan Dodig não tiveram maiores problemas para confirmar favoritismo na estreia do Grand Slam realizado em Londres. Nesta quinta-feira, eles contaram com a desistência da parceira formada pelos argentinos Leonardo Mayer e Diego Schwartzman quando lideravam o segundo set por 4/0, após terem liquidado a primeira parcial em 6/4.

Com o triunfo obtido na primeira rodada, Melo e Dodig se credenciaram para enfrentar na próxima fase o polonês Mariusz Fyrstenberg e o mexicano Santiago Gonzalez, que nesta quinta passaram pelo casaque Mikhail Kukushkin e pelo macedônio Radu Albot por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/3 e 6/4.

Campeões de Roland Garros no mês passado e líderes do ranking da temporada, o brasileiro e o croata foram dominantes no duelo desta quinta. Embora tenha vencido o primeiro set por placar apertado, eles confirmaram todos os seus saques sem oferecer nenhuma chance de quebra e converteram três de seis break points antes da desistência da dupla argentina. Eles ainda ganharam 90% dos pontos que disputaram com o primeiro serviço e cometeram apenas um mísero erro não forçado.

SÁ PERDE EMBALO – Já o outro brasileiro que entrou em quadra nesta quinta-feira em Wimbledon foi André Sá, que ao lado do australiano Chris Guccione não conseguiu manter o embalado ganhado na semana passada, quando a dupla surpreendeu com o título do Torneio de Nottingham, também realizado em quadras de grama. Os dois foram superados pelos colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah, cabeças de chave número 16, que venceram por 3 sets a 2, com parciais de 6/4, 3/6, 4/6, 7/6 (7/2) e 6/4.

DEMOLINER AVANÇA – Se Melo confirmou favoritismo na estreia, o brasileiro Marcelo Demoliner contou com a sorte para avançar às oitavas de final de duplas em Wimbledon. Ele e o neozelandês Marcus Daniell, que já entraram na chave principal como lucky-losers, desta vez foram beneficiados na segunda rodada pela desistência da dupla formada pelo espanhol Guillermo Garcia-Lopez e pelo tunisiano Malek Jaziri. Assim, nem precisaram entrar em quadra para seguir em frente no Grand Slam.

Os próximos adversários de Demoliner e Daniell serão os vencedores do confronto entre a parceria formada pelo israelense Jonathan Erlich e o alemão Philipp Petzschner e a dupla firmada pelo filipino Treat Huey e o norte-americano Scott Lipsky. Caso voltem a triunfar, o brasileiro e o neozelandês poderão encontrar Melo e Dodig nas quartas de final.