Líder da Série B do Campeonato Brasileiro, o Botafogo não foi bem na última terça-feira e ficou somente no empate por 1 a 1 diante do Oeste, mesmo atuando no Engenhão. O resultado, no entanto, não diminuiu a confiança do volante Willian Arão, que garantiu nesta quarta que os cariocas seguem como time a ser batido.

“Já entramos com esse rótulo de time a ser batido. E somos mesmo. Assumimos essa responsabilidade de subir o Botafogo e estamos bem tranquilos quanto a isso. Pensamos jogo a jogo e deixamos o resto para os matemáticos. Passou o Oeste e perdemos a oportunidade de abrir quatro pontos de vantagem, mas seguimos na frente por dois pontos”, declarou.

A 12 rodadas para o fim da Série B, o Botafogo lidera com 49 pontos, dois a mais que o Paysandu. Em relação ao quinto colocado Sampaio Corrêa, no entanto, são cinco pontos de vantagem. A volta à elite do futebol nacional está próxima, mas isso não deslumbra os jogadores do time carioca.

“Ninguém está tranquilo, só ficaremos quando voltarmos pra a Série A. Temos a obrigação de ganhar porque somos o Botafogo. Reconhecemos que sempre será difícil contra nós. O jogo contra o Oeste ainda não foi encerrado e ainda precisamos falar sobre alguns erros. Nosso pensamento é enfrentar o Boa e fazer uma grande partida”, afirmou Arão.

Na sexta, o Botafogo encara o Boa, antepenúltimo colocado, em Varginha, e o volante espera confronto difícil. “Será um jogo muito difícil. Não tem jogo fácil na Série B. É uma equipe que marca muito, assim como foi contra o Oeste aqui. Esperamos dificuldades, mas eles também precisam ganhar o jogo. Acredito que seja um jogo aberto e temos que fazer os gols para matar o jogo.”