Os italianos estão divididos: cerca de 50% deles defendem a idéia de que as próximas partidas do Campeonato Italiano devem ser disputadas com portões fechados ao público para evitar que ocorram novos casos de violência como os vistos no último final de semana.

A informação foi distribuída pela agência de notícias Ansa, a partir de pesquisa de opinião realizada pelo Instituto IPR Marketing encomendado pelo site Repubblica.it. Essa parcela da opinião pública defende que dessa forma não seria necessário paralisar a competição após os protestos pela morte de um torcedor da Lazio por um policial.

Mas cerca de 26% dos entrevistados defendem a paralisação por algumas semanas para que todos se acalmem. Cerca de 15% dos ouvidos querem que seja liberado o acesso apenas de torcedores do time mandante do jogo.

É entre os jovens de 18 a 34 anos que está a maioria dos que defendem os jogos sem público nos estádios, sendo que 61% defenderam essa idéia, enquanto entre os mais velhos, 43% declararam preferir jogos sem público.