A seleção mexicana conquistou, em jogo encerrado na noite do último domingo, o seu segundo título do Mundial Sub-17 de Futebol. Atuando em casa, no Estádio Azteca, na Cidade do México, o país garantiu o troféu ao vencer o Uruguai por 2 a 0, com gols de Antonio Briseno e Giovani Casillas na decisão.

O México havia sido campeão da competição anteriormente em 2005, no Peru, quando derrotou o Brasil na final. A Nigéria é a maior vencedora da história do torneio da categoria, com quatro títulos, seguida pelos brasileiros, que têm três.

Na disputa pelo terceiro lugar do Mundial Sub-17, o Brasil perdeu de virada para a Alemanha, por 4 a 3, depois de ter aberto de 3 a 1 de vantagem no placar, também no último domingo. Donos da medalha de bronze do torneio, os alemães haviam sido derrotados pelos mexicanos na semifinal.