Mesmo abalado por um caso de doping que afastou cinco jogadores de sua seleção, o México fechou a primeira fase da Copa Ouro da Concacaf com sua terceira goleada em três jogos disputados até aqui. Atuando em Chicago, nos Estados Unidos, o país bateu a Costa Rica por 4 a 1, em jogo encerrado no final da noite de domingo, e terminou o Grupo A da competição na liderança, com nove pontos.

Com o triunfo, os mexicanos agora esperam pela definição do seu adversário nas quartas de final. Já a Costa Rica também avançou à próxima fase como vice-líder da chave, com quatro pontos, e terá pela frente agora o vice-líder do Grupo B, que será definido nesta segunda-feira.

Antes de bater os costarriquenhos, o México aplicou duas goleadas de 5 a 0 nos seus dois primeiros confrontos, primeiro contra El Salvador e depois diante de Cuba. Os salvadorenhos, por sua vez, bateram os cubanos por 6 a 1, também na noite do último domingo, e mantiveram vivas as chances de classificação às quartas de final. Com o resultado, o país também chegou aos quatro pontos no Grupo A, mas ficou em desvantagem em relação à Costa Rica nos critérios de desempate.

No confronto deste domingo, o México garantiu a goleada sobre a Costa Rica já no primeiro tempo. Depois de abrir o placar com Rafa Márquez logo aos 17 minutos, ampliou com Guardado, aos 19 e 26, e abriu 4 a 0, aos 38, com Barrera. Na etapa final, Urena descontou para os costarriquenhos, aos 25 minutos. A tranquila vitória garantiu a festa dos mexicanos no Estádio Soldier Field, que contou com um público de 62 mil torcedores no duelo.

Antes do segundo jogo do México na primeira fase na Copa Ouro, estourou a notícia de que os exames antidoping feitos pelo goleiro Guilhermo Ochoa, pelos defensores Edgar Dueñas e Francisco Rodríguez e pelos meio-campistas Christian Bermúdez e Zinha – brasileiro naturalizado – apontaram a presença da substância proibida clembuterol. Os cinco atletas foram suspeitos preventivamente, mas a Concacaf ainda busca mais informações antes de tomar uma decisão definitiva sobre o caso.

A Copa Ouro segue nesta segunda-feira com a disputa de mais dois jogos que fecharão o Grupo B. A Jamaica defenderá a liderança contra a vice-líder Honduras, que tem dois pontos a menos, enquanto Guatemala e Granada se enfrentam no outro confronto da chave.

O campeão da Copa Ouro garantirá uma vaga na Copa das Confederações de 2013, que será realizada no Brasil, palco da Copa do Mundo de 2014.