O Miami Heat deu um enorme passo na noite de segunda-feira para disputar a final da Conferência Leste da NBA na temporada 2010/2011. Fora de casa, a equipe da Flórida abriu 3 a 1 no confronto com o Boston Celtics pelas semifinais da sua conferência ao derrotá-lo por 98 a 90, em duelo definido apenas na prorrogação. Agora, precisa de apenas mais uma vitória para avançar no mata-mata.

LeBron James foi o principal destaque do Miami no triunfo. O astro foi o cestinha da partida com 35 pontos e ainda obteve um “double-double” ao conseguir 14 rebotes. Dwyane Wade anotou 28 pontos e Chris Bosh conseguiu dois dígitos em dois fundamentos, com 20 pontos e 14 rebotes. Paul Pierce liderou o Celtics com 27 pontos e oito rebotes. Já Ray Allen fez 17 pontos.

O duelo foi equilibrado do início ao fim, mas o Boston terminou os três primeiros quartos à frente no placar. E os instantes finais foram emocionantes, com James perdendo uma posse de bola e Pierce errando um arremesso no estouro do cronômetro. Na prorrogação, o Miami fez os seis primeiros pontos e conseguiu triunfar. Agora, as duas equipes voltam a se enfrentar na quarta-feira, na Flórida, e uma vitória classifica o Heat para a decisão da Conferência Leste.

Em partida definida apenas na terceira prorrogação, o Oklahoma City Thunder venceu o Memphis Grizzlies por 133 a 123, fora de casa. Com o triunfo a série válida pelas semifinais da Conferência Oeste da NBA está empatada em 2 a 2. O quinto duelo será disputado na quarta-feira, em Oklahoma.

Russell Westbrook foi o cestinha da partida com 40 pontos anotados para o Thunder e Kevin Durant conseguiu um “double-double” com 35 pontos e 13 rebotes. Zach Randolph, com 34 pontos e 16 rebotes, e Marc Gasol, com 26 pontos e 21 rebotes, foram os destaques do Grizzlies, que terminou o primeiro quarto com uma expressiva vantagem de 12 pontos (28 a 16).

O Thunder, porém, reagiu e chegou a abrir dez pontos de vantagem (92 a 82) quando faltavam cinco minutos para o final do duelo, mas cedeu o empate (96 a 96), que provocou a primeira prorrogação. Mesmo fora de casa, o Thunder abriu sete pontos de vantagem (105 a 98), mas permitiu nova reação e o empate em 109 a 109, que provocou a realização do segundo tempo extra.

Uma nova igualdade, agora em 119 a 119, forçou a realização de uma terceira prorrogação. Dessa vez, porém, o Grizzlies não ofereceu resistência ao Thunder e terminou sendo derrotado por 133 a 123.

Os playoffs da NBA prosseguem nesta terça-feira com a disputa da partida entre Chicago Bulls e Atlanta Hawks. A série, válida pelas semifinais da Conferência Leste, está empatada em 2 a 2.