Miami – O Masters Series de Miami está cheio de surpresas, como as eliminações de Andre Agassi, campeão nos últimos três anos, de Roger Federer, o número 1 do mundo, e de Marat Safin, sempre favorito ao título. Com isso, o torneio terá um campeão inédito na chave masculina. E os dois mais fortes candidatos se enfrentam hoje, na luta por uma vaga nas semifinais. O badalado tenista norte-americano Andy Roddick, cabeça-de-chave número 2, pega o espanhol Carlos Moyá, que faz uma temporada brilhante.

Com dois dos principais favoritos se enfrentando, a rodada de hoje também terá o encontro de duas das maiores surpresas da competição. O norte-americano Vincent Spadea, que passou por Safin e Paradorn Srichaphan, entre outros, joga por uma vaga nas semifinais diante do argentino Agustin Calleri, que conseguiu um dos principais resultados de sua vida ao eliminar Andre Agassi da competição.

Outros jogos das quartas-de-final de Miami terão o chileno Fernando Gonzalez, que eliminou a revelação espanhola Rafael Nadal por 7/6 (7/1), 4/6 e 6/2, diante do romeno Andrei Pavel, que no seu caminho também derrubou favoritos como Lleyton Hewitt. Ainda está programada para esta rodada o jogo do argentino Guillermo Coria com o alemão Nicolas Kiefer.

No lado feminino, Serena Williams comprova a cada dia sua superioridade sobre as demais. Ela vai fazer uma das semifinais do torneio, provavelmente amanhã, diante de Eleni Daniilidou.

Semifinalista

E quem brilhou ontem para buscar um título de Master Series inédito foi o argentino Guillermo Coria. Ele não tomou conhecimento do alemão Nicolas Kiefer e venceu por duplo 6/3, classificando-se assim às semifinais do Masters Series de Miami.

Esta foi a terceira vitória de Coria sobre Kiefer e a segunda apenas em 2004. Em janeiro, os dois se encontraram na primeira rodada do ATP neo-zelandês de Auckland e o argentino venceu por 7/6 e 6/3. O próximo adversário de Coria nos Estados Unidos será o chileno Fernando Gonzalez ou o romeno Andrei Pavel.

Fed Cup

Chamada de versão feminina da Copa Davis, o Brasil vai ser novamente sede dos jogos do Grupo Americano que apontará um time para disputar o playoff para o Grupo Mundial. Ao contrário da Davis, a Fed Cup reúne vários países em jogos eliminatórios, com o vencedor da chave ganhando a vaga.

O Brasil conquistou esta eliminatória ano passado e classificou-se para enfrentar a Croácia. Mas depois, jogando fora de casa, perdeu. Agora, a técnica Andrea Vieira convocou para seu time Nanda Alves, Carla Tiene, Letícia Sobral e Larissa Carvalho. Os jogos serão de 19 a 25 de abril, em Porto Seguro.