O Paraná Clube apresentou, na manhã desta segunda-feira (26), na Vila Capanema, o técnico Rogério Micale para ser o seu novo comandante para a sequência da temporada de 2018. Campeão olímpico com a seleção brasileiro em 2016 e com uma passagem irregular pelo Atlético-MG, no ano passado, o novo treinador do Tricolor acredita que a chance de comandar o time paranista neste ano será também um recomeço na sua carreira.

“Me sinto honrado.Espero atender as expectativas da direção do clube, da torcida, que é o principal patrimônio do clube. Venho aqui com muita vontade de crescer junto com o Paraná e conseguir os resultados que todos querem”, apontou Micale.
Micale foi goleiro do Londrina na década de 90 e espera que, junto com a diretoria, jogadores e comissão técnica, possa voltar a fazer o Paraná Clube forte no cenário nacional. A campanha ruim até agora em 2018 nas disputas do Campeonato Paranaense e da Copa do Brasil não assustam o novo comandante paranista.

Presidente Leonardo de Oliveira e executivo Rodrigo Pastana marcaram presença na apresentação de Micale. Foto: Daniel Caron
Presidente Leonardo de Oliveira e executivo Rodrigo Pastana marcaram presença na apresentação de Micale. Foto: Daniel Caron

“Isso nos traz mais vontade ainda para sair dessa situação. Um clube como o Paraná, trabalhei muitos anos no futebol paranaense e era um terror jogar aqui na década de 90. Minha estreia como goleiro foi contra o Paraná, na Vila Capanema. O Paraná tem uma história muito bonita e quase tudo isso foi perdido”, lembrou Micale.

“O Paraná passou por momentos de crise e que teve quase a extinção do clube. O presidente está de parabéns, abraçou a causa e a recuperação que o clube tem obtido nos últimos anos tem motivado quem gosta de futebol, pela tradição que o Paraná tem. É uma satisfação estar trabalhando no Paraná e espero que a torcida saiba entender esse momento e venha com a gente nisso”, concluiu o novo comandante do Tricolor.

O técnico Rogério Micale comentou ainda que vai fazer uma avaliação do elenco a partir de agora, mas frisou que reforços ainda devem chegar até abril, quando começa o Campeonato Brasileiro. O novo comandante paranista estreia no domingo, diante do Cianorte, na largada do segundo turno do Campeonato Paranaense. Ele chega ao Paraná Clube acompanhado do preparador físico Marcos Seixas e do auxiliar-técnico Fabinho Santos.