O Brasil perdeu um de seus principais representantes na etapa do Rio do Circuito Mundial de Surfe na manhã desta sexta-feira. Atual líder do ranking, Adriano de Souza, o Mineirinho, foi eliminado na terceira fase do evento após ser derrotado pelo neozelandês Ricardo Christie. O veterano Kelly Slater também não se saiu bem e foi outro a dar adeus à disputa. Por outro lado, os brasileiros Ítalo Ferreira, Jadson André e Filipe Toledo venceram suas baterias e seguem firmes na luta pelo título.

Ricardo Christie surpreendeu o público e demonstrou estar em um dia excepcional. Ele iniciou a bateria com um tubo, e também conseguiu completar alguns aéreos com boa altura, não dando chances para o brasileiro, vencendo por 16,57 a 13,90. “Ele surfou melhor que eu, começou bem”, admitiu Mineirinho, que saiu do mar aplaudido pelo público.

Agora o brasileiro começa a projetar a próxima etapa do Circuito Mundial de Surfe. “Saio daqui de cabeça erguida. Temos um ano longo pela frente e estou completamente focado em Fiji agora.”

Pouco mais cedo, o norte-americano Kelly Slater foi superado pelo australiano Matt Banting, em uma bateria com poucas ondas boas. O resultado foi 10,80 a 6,70 para o australiano.

Com ótimos aéreos, Filipe Toledo, terceiro do ranking mundial, acabou eliminando o também brasileiro Wiggolly Dantas por 15,60 a 11,34. Ítalo Ferreira surpreendeu mais uma vez, ao vencer o norte-americano Nat Young por 15,50 a 11,00. Em seguida, foi a vez de Jadson André passar tranquilamente por Sebastian Zietz, com 14,50 a 9,90.

Na 12ª bateria, prevista para o início da tarde desta sexta, é a vez do atual campeão mundial, Gabriel Medina, ir para o mar. Seu adversário será o havaiano Keanu Asing. Em seguida, começa a segunda fase da categoria feminina, que contará com as brasileiras Silvana Lima e Luana Coutinho.