Roma – O ministro da Justiça italiana, Clemente Mastella, comentou ontem que, como torcedor, gostaria que os clubes envolvidos no escândalo de manipulação de partidas fossem perdoados, caso a seleção da Itália conquistasse o título da Copa do Mundo.

?Anistia? Eles ouviram isso algumas vezes. Mas vale lembrar que o governo não pode interferir nesse assunto. Entretanto, acredito que a maior parte dos torcedores gostaria do perdão. É justo que jogadores como Fabio Cannavaro e Del Piero disputem as divisões inferiores depois do que estão fazendo na seleção??, explicou o ministro.

A possibilidade da anistia aos clubes envolvidos (principalmente para Juventus e Milan), foi muito criticada ao longo da semana por políticos, dirigentes esportivos e pelos próprios jogadores da seleção italiana.

Caso sejam condenados, o Juventus será rebaixado para a Série C do futebol italiano, enquanto Milan, Fiorentina e Lazio cairão para a 2.ª divisão. A decisão da justiça sobre o caso deve ser anunciada nos próximos dias.